top of page
Buscar
  • Foto do escritorSabrina

A tiktokficação da atenção


Recentemente li em um artigo sobre esse termo e achei coerente explicar sobre a nova realidade que enfrentamos: a falta de atenção das pessoas.


Sabemos que com a ascensão dos vídeos em reels e TikTok, o conteúdo médico denso e aprofundado perdeu vez. O seu paciente tem pressa e vive em um mundo acelerado em 2x. Isso é fato.


Mas doutor, será mesmo que todo conteúdo precisa ser raso e em formato de vídeo rápido? Como empresa especialista em marketing médico, precisamos te dizer que não, não se trata de transformar tudo em vídeo.


Conteúdo rico no marketing médico continua sendo o rei - ninguém mais se relaciona com um médico sem antes consumir o universo da especialidade dele, ou seja, um paciente de um cirurgião plástico, pesquisa muito, assiste muitos reels, TikTok, story e lê muito sobre os procedimentos que ele tem interesse.


Então ao invés de generalizar e sair dizendo que “as pessoas só querem vídeos”, temos de ser multicanal, isso quer dizer que devemos estar presentes em diferentes canais e saber utilizá-los de forma inteligente, à favor da nossa marca.


O conteúdo precisa hoje em dia (2023) ser adaptado em diferentes formatos e plataformas (blogs, podcasts, TikTok). Explorando diferentes canais e plataformas, você garante entregar um conteúdo adequado para cada local: enquanto no seu blog e newsletter você consegue abusar dos caracteres e aprofundar em conteúdos, nas redes sociais você vai precisar entregar o seu conteúdo em formato de pílulas, ensinando seu potencial paciente por etapas.


Doutor, a pergunta que fica é: como você está posicionado hoje? Está presente em apenas um canal ou já está adaptando sua estratégia para ser multicanais?


Sabrina, founder e diretora da Fever Marketing Médico

Since 2015 | Florianópolis

Especialistas em branding e marketing médico

Saiba mais: https://ig.rdstation.com/fevermarketing


57 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page